WELCOME TO THE HUB HUMAN-ANIMAL STUDIES

The HAS Hub@ICS-ULisboa aims at tackling the relations between human and non-human animals, looked at as a continuum between nature and culture, or naturecultures. Non-human animals are considered actors in full right, active and decisive in the co-production of the hybrid communities inhabited by both humans and non-humans.

Declaração de Repúdio sobre o Referencial Educativo sobre Bem-Estar Animal

A equipa ICS-ULisboa vem por este meio manifestar o seu protesto em relação ao Referencial Educativo sobre Bem-Estar Animal (RBEA; Direção Geral de Educação), na versão apresentada para consulta pública, assim como o processo que a ele conduziu. Integrámos o grupo de trabalho do RBEA pela oportunidade de contribuir para o conhecimento e debate do bem-estar animal entre as crianças e jovens, nomeadamente as condições de vida dos animais não humanos em Portugal, assim como das pessoas que com eles vivem e lidam. Desde o início do processo, trabalhámos para trazer ao RBEA o contributo científico e reflexivo das ciências sociais, no pressuposto e garantia de que a pluralidade de perspetivas seria valorizada. Tomando conhecimento da versão agora colocada em consulta pública, vemo-nos forçados a emitir a presente declaração, em nome da integridade científica e ética que nos pauta. Em particular:

  1.  Alertamos para a omissão do sofrimento animal provocado pela ação humana (i.e., sofrimento antropogénico) que decorre da produção animal para consumo alimentar. À luz do atual consenso científico internacional, parece-nos insustentável que o RBEA exclua conteúdos que convidam à reflexão sobre a legitimidade dos vários modelos de exploração animal, bem como os limites à eficácia dos respetivos mecanismos de regulação.
  2. Alertamos para a omissão dos graves riscos ambientais associados à produção industrial e intensiva de animais para consumo alimentar, incluindo os decorrentes de fatores como o desmatamento, perda de biodiversidade, alterações climáticas, entre outros, amplamente divulgados pela comunidade científica internacional e reiterados por organizações que incluem o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC das Nações Unidas) e a Organização Mundial da Saúde (WHO). À luz do atual consenso científico internacional, parece-nos insustentável que o RBEA exclua conteúdos que convidam à reflexão sobre as implicações para a saúde e bem-estar (de animais e humanos) decorrentes destes modelos de produção.
  3. Alertamos para o argumento que reforça a produção animal como o único caminho possível para alimentar uma população mundial em crescimento, em contraciclo com as orientações para a otimização dos sistemas alimentares veiculadas por organizações internacionais que incluem o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC das Nações Unidas) e a Comissão Europeia. À luz do atual consenso científico internacional, parece-nos incompreensível que o RBEA exclua conteúdos que convidam à reflexão sobre o bem-estar animal, face aos novos caminhos para os sistemas alimentares no contexto global, europeu e nacional (e.g., alimentação de maior base vegetal; novas tecnologias alimentares).
  4.  Alertamos para o argumento da pecuária de pequena escala como realidade efetiva onde o bem-estar animal é assegurado, ocultando que a tendência das últimas décadas (em Portugal e no mundo) é precisamente a inversa: a da concentração da produção em grandes unidades económicas intensivas, e respetiva diminuição da produção de pequena escala. À luz do atual consenso científico internacional, parece-nos insustentável que o RBEA exclua conteúdos que convidam à reflexão sobre os processos de concentração provenientes da exploração animal em empresas de grande escala, aumentando a pressão sobre os pequenos produtores e a sua vulnerabilidade no sistema económico – com potenciais impactos quer nos animais quer nas comunidades humanas afetadas por estas dinâmicas.
  5.  Alertamos para a omissão das questões éticas associadas ao bem-estar animal, em todos os níveis de ensino (EPE, 1ºC, 2ºC, 3ºC; exceto o Secundário), o que compromete a complementaridade do RBEA com os outros referenciais educativos. Mais especificamente, compromete a complementaridade do RBEA com o Referencial de Educação Ambiental para a Sustentabilidade, que propõe recursos adaptados a todos os ciclos de ensino (EPE, 1ºC, 2ºC,
    3ºC, SEC) sobre a importância da ética e da cidadania nas questões ambientais e de sustentabilidade. À luz do conhecimento atual sobre pedagogia e desenvolvimento infantil, bem como as boas práticas dos outros referenciais de educação, parece-nos insustentável que o RBEA exclua o desenho de recursos adaptados a todos os ciclos de ensino (EPE, 1ºC, 2ºC, 3ºC, SEC) sobre a importância da ética e da cidadania também nas questões relacionadas com o bem-estar animal.

Em síntese, repudiamos que vários dos contributos que demos para o documento agora colocado em consulta pública tenham sido ignorados e/ou omitidos. Face ao exposto nesta nota de repúdio, a equipa do ICS-ULisboa vê-se forçada a retirar a sua autoria e chancela ao Referencial Educativo sobre Bem-Estar Animal. Agradecemos, entretanto, à equipa da Direcção-Geral de Educação com quem trabalhámos diretamente, por quem temos o maior respeito e alta estima, e que procurou criar uma plataforma de discussão aberta, inclusiva, e substanciada do ponto de vista cívico, técnico e científico. 

Lisboa, 22 de Setembro de 2021 

Monica Truninger, ICS-ULisboa 

Verónica Policarpo, ICS-ULisboa 

João Graça, ICS-ULisboa

FEATURED PROJECTS

CLAN – Children-Animals Friendships: challenging boundaries between humans and non-humans in contemporary societies

Funding by Foundation
for Science and Technology
(PTDC/SOC 28415/2017)

Este projeto visa compreender as relações entre crianças e animais, analisando as suas práticas afetivas, e discute os modos como estas se entrelaçam com outras práticas, ambientes e contextos, como os que estão implicados no ato de “cuidar” de um animal de companhia.

Prémio Estímulo e Reconhecimento da Internacionalização em Ciências Sociais (Prémio ERICS) - edição 2020

O Human-Animal Studies Hub - To create and foster Human-Animal Studies in Portugal, foi distinguido com o prémio ERICS - Estímulo e Reconhecimento da Internacionalização em Ciências Sociais, edição 2020, do Instituto de Ciências Sociais. O júri atribuiu ao HAS-Hub o prémio na modalidade projetos de investigação objeto de financiamento internacional, reconhecendo a qualidade e relevância da investigação fundamental ou aplicada deste projeto. A coordenação e toda a equipa do HAS-Hub congratulam-se com este prémio, acreditando que corresponde a um reconhecimento da presença e importância da área dos Human-Animal Studies na investigação científica portuguesa, e em particular no Instituto de Ciências Sociais, onde o Hub está alojado. Muito obrigada!

Fronteiras XXI

The PI of the project CLAN, Verónica Policarpo, was on a tv show, from the RTP 3 channel, called “Fronteiras XXI”. This broadcast was entitled “Nós e os Animais” (Animals and US). In this session were covered multiple subjects, such as: the hierarchization of animals, the importance of institutions like zoos and aquariums for nature conservation, human-animal relationships, animals within the human family, animal law, animal care and the growing pet industry. 
Click in the button below to watch the full show!

Nós e os Animais

monthly meetings

READING GROUP

Animal Wonder – Reading Group on Human-Animal Studies @ICS-ULisboa has as a main goal to map the field of Human-Animal Studies, both at an international and national level.

We discuss some of its fundamental works, beginning by the foundational ones, as well as more specific topics, as the discussion progresses.

NEXT SESSION:

HAS International Development Program Award

Gafanhoto postér hub
The Animal & Society Institute awarded the HAS Hub @ICS-ULisboa with the 2019-2020 HAS International Development Program Award. The Animal & Society Institute already helped co-organize an international Summer School in HAS during the first week of June 2019. This summer school counted with the presence of several students and lecturers from all around the world. The summer school also had the privilege of having the Program Director for Human-Animal Studies at the Animals and Society Institute, Margo DeMello as the invited keynote speaker.
This award will also help fund:
• The organization of the first national post-graduate course in HAS
• The organization of an international conference
• The publication of a handbook in HAS, in Portuguese

AGENDA

SEPTEMBER/19

Workshop on Animal Behaviour with the Change for Animals Foundation

 
HAS@ICS-ULisboa 2019
Children-Animals Relationships
 
5 Setembro 2019 ICS-ULisboa 


Scroll to top